fbpx

Receba nossas Novidades!

Fique por dentro das novidades do mundo contábil.

Empreendedorismo

Dicas que você precisa saber para abrir uma franquia em 2020

12 de março de 2020
Dicas que você precisa saber para abrir uma franquia em 2020
Tempo de leitura: 6 minutos

Se você pensa, ou está pensando em abrir uma empresa, muito provavelmente cogitou a hipótese de investir em uma franquia, e a resposta para esse pensamento tão recorrente entre empreendedores é relativamente simples: normalmente é mais fácil e seguro entrar no mercado com uma marca conhecida, que, de certa forma já caiu no gosto popular que tentar abrir um negócio do zero. Claro que a matemática da coisa não é tão simples, mas a linha de pensamento não deixa de ter um fundo de razão.

Existe, sem dúvida alguma, uma grande diferença entre abrir uma franquia e abrir uma empresa nova. Iniciar em qualquer ramo utilizando um modelo comercial já consolidado é uma maneira mais assertiva de entrar com um bom status no mercado. A pessoa que adquirir os direitos do modelo de operação do MCDonald’s, por exemplo, está automaticamente um passo a frente de alguém que está entrando com um marca nova do mesmo segmento. Logicamente isso tem um custo que abordaremos mais para frente.

Por isso, se você está interessado em abrir uma franquia e ainda não sabe como funciona o processo de legalização desse modelo, continue com a gente, porque daqui para frente traremos diversas dicas essenciais para entrar no mundo dos franqueados!

Como funciona o processo de abrir uma franquia?

Para abrir uma franquia é necessária uma série de ações burocráticas, que demandam compromisso com a empresa franqueada. O processo não é simples e precisa ser seguido corretamente para que esta funcione legalmente.

Uma dessas obrigações está na Lei das Franquias, nº 8.955/94. O contrato, uma parte muito importante dessa lei, precisa ser revisado por completo e seguido como é explícito no documento. Caso isso não aconteça, a loja perderá a chance de entrar em funcionamento.

Além disso, para abrir uma franquia é preciso estar em dia com a COF, Circular de Oferta de Franquia. Esta se trata de um ofício em que consta quanto será investido para abertura, o perfil da empresa franqueada e o histórico do negócio em questão. Ou seja, existem ações burocráticas, que fazem parte do processo de iniciar nesse ramo.

Como funciona o processo de legalização de uma franquia?

Via de regra os franqueadores apoiam seus franqueados na organização e estruturação do negócio no ponto de vista empresarial, para fazer o negócio realmente acontecer sob o ponto de vista da cultura da marca, padronização e experiências.

Entretanto, cabe ao franqueado constituir sua própria empresa e é neste aspecto que grande parte dos empresários não possuem conhecimento e/ou apoio. Embora seja um modelo de negócios diferente do que um novo empreendimento, a franquia é uma empresa como outra qualquer, carecendo de legalização nos órgãos públicos, cumprimento de obrigações tributárias, contábeis e trabalhistas e é neste ponto que uma assessoria contábil experiente pode se configurar um verdadeiro divisor de águas.

Se você deseja abrir uma franquia, consideramos como leitura obrigatória o nosso guia completo sobre legalização da empresa, pois nele você conseguirá obter um conhecimento geral das principais questões que deverá saber para que tudo seja feito da maneira correta e sem prejuízos de tempo e dinheiro.

Qual o melhor segmento do mercado para abrir uma franquia?

Dentre os segmentos empresariais que existem, há aqueles que são mais indicados para quem deseja abrir uma franquia. Sem dúvida alguma todos têm chance de sucesso, contudo, alguns são mais indicados, por terem uma tendência maior de trazer resultados a curto prazo.

Para que você inicie com o pé direito nesse ramo e consiga crescer exponencialmente no mercado, entenda quais são os melhores segmentos para se abrir uma franquia no ano de 2020.

1. Alimentos

Em primeiro lugar, abrir uma franquia no ramo alimentício sempre será uma das melhores opções do mercado. Este é um tipo de negócio que qualquer pessoa adquire, tendo em vista o fornecimento de um produto básico para sobrevivência humana.

A rede de franquias Bob’s é um exemplo, com mais de 1.000 franquias em todo o país e faturamento médio mensal de R$50.000 a R$180.000.

É importante ressaltar que para a franquia se assemelhar ao processo de operação de uma empresa famosa é necessário de uma quantia inicial. No caso do Bob’s, estima-se que seja investido logo no começo um valor mínimo de 586 mil reais, além da taxa de franquia, apenas para se ter o direito de usar a marca.

2. Beleza e saúde

Em contrapartida, enquanto os alimentos estão em alta em qualquer época, abrir uma franquia de beleza e saúde em 2020 é uma aposta tentadora. Isso se deve ao aumento de busca por procedimentos estéticos e por uma saúde mais equilibrada.

Nos anos anteriores, este segmento já estava crescendo de maneira curiosa. Para você que está interessado em abrir uma franquia agora, este é o melhor momento. Um exemplo real disso é a pesquisa realizada pela ABF, Associação Brasileira de Franchising, que mostra um crescimento de 35% do ramo de beleza e saúde entre os anos de 2015 e 2017.

A rede de franquias Espaçolaser cresce a cada dia mais e já possui 519 unidades no Brasil e 2 no exterior. O investimento inicial gira em torno de 480 mil reais, podendo ter um faturamento médio mensal de R$115 mil.

3. Tecnologia

Por último, mas não menos importante, este segmento tende a crescer a cada dia, sem previsão de estacionar. Sem dúvida alguma, abrir uma franquia de uma empresa do ramo de tecnologia é um grande passo para quem busca a lucratividade.

Na atual realidade que vivemos, todos os processos são automatizados e feitos até mesmo pelo celular. Pagar uma conta, por exemplo, que era feito somente em agências bancárias e lugares afins, agora pode ser um processo realizado através de um smartphone em poucos minutos, ou até mesmo segundos.

Hostnet, empresa voltada para hospedagem de sites, é um exemplo disso, tendo um investimento de até 22 mil reais e um retorno lucrativo anual de até 150 mil reais. Ou seja, é um mercado em total crescimento.

Existem riscos para esse negócio em 2020?

Uma dúvida muito frequente entre quem abrir umaestá a fim de franquia é se existem riscos previstos para esse mercado no ano de 2020. Com as mudanças na economia, principalmente no Brasil, muitos temem sofrer algum tipo de prejuízo ao investir nesse ramo.

A nossa resposta é: riscos sempre existem, mas só pelo simples fato de optar por abrir uma franquia já é um passo a frente de quem está começando uma marca do zero. Mesmo que haja uma dificuldade financeira vista para o ano, ter um processo de operação bem elaborado e produzindo bons produtos é sinônimo de sucesso. Nenhuma questão sobre crise financeira e afim pode atingir uma empresa focada em seu serviço.

No ano de 2019, segundo a ABF, as franquias brasileiras tiveram um faturamento que giraram em torno de R$186,9 bilhões, havendo um crescimento de 6,9% em comparação com o ano anterior. Ou seja, vê-se que os riscos estão na forma de trabalhar, e não no procedimento de abrir uma franquia.

Importante ter em mente que todo processo de abertura de franquia às vezes exige um alto investimento inicial (é o preço que se paga por optar por uma marca já consolidada), então se esse é o caminho que pretende seguir é importante fazer um bom planejamento financeiro e contabilizar o tempo médio de retorno para o seu investimento.

Nova Lei das Franquias 13.996/19

No final do ano de 2019 foi votada uma nova lei que muda completamente as relações existentes dentro do mercado de franquias. Ao total foram oito mudanças, que serviram como um marco para quem trabalha com esse tipo de empresa.

Entre as principais mudanças está o novo tipo de relação que existe entre franqueado e franqueador. A antiga lei não explicitava se existia um vínculo empregatício entre eles, sendo que agora foi colocado que não existe nenhuma relação entre ambas as partes, podendo o franqueador usar da propriedade intelectual sem citar o franqueado.

Além disso, também houve uma mudança muito significativa quanto ao ato de abrir uma franquia internacional. Antigamente essa ação era proibida, porém agora é permitido, além de poder haver um contrato escrito em língua portuguesa para facilitar a compreensão de todos. Existem outras alterações nessa nova lei, sendo essas citadas as mais importantes.

Como uma contabilidade pode te ajudar?

Contar com uma assessoria contábil especializada pode ser um grande diferencial para quem está pensando em abrir uma franquia. Ao investir nesse serviço, o empresário pode focar totalmente na sua atividade-chave e aproveitar diversos benefícios, como:

  • Certeza da escolha do melhor regime tributário para a empresa, através de um planejamento tributário anual completo, onde não só será analisado a forma de tributação mais vantajosa para sua empresa, como também se apresentará as melhores práticas de apresentação de obrigações ao fisco;
  • Consultorias societária, contábil, tributária, trabalhista e administrativa para tornar o negócio mais organizado e ajustado às questões legais;
  • Garantia de que todas as inscrições e registros em órgãos públicos estão regulares;
  • Auxílio na gestão financeira e muito mais!

Abrir uma franquia, abrir novos caminhos

Ao fim percebemos que é possível abrir uma franquia e lucrar em cima desse empreendimento. Apesar de ser uma maneira de reutilizar processos operacionais de outra empresa, isto é um método para que já se inicie mais próximo ao sucesso e não tenha problemas com falhas e métodos desconhecidos.

Se você quer saber mais sobre o assunto ou precisa se informar sobre temáticas contábeis, continue na Lafs Contabilidade! Fornecemos diversos tipos de serviços na área, além de um blog totalmente atualizado com informações essenciais para você.

Acompanhe a LAFS aqui no BLOG, em nossas redes sociais, temos sempre noticias quentes e com assuntos relevantes para empreendedores como você!

5 erros contábeisPowered by Rock Convert

Veja Outras postagens