fbpx

Receba nossas Novidades!

Fique por dentro das novidades do mundo contábil.

Empreendedorismo

Franquia ou marca própria? Saiba quais são as vantagens e desvantagens de cada modelo de negócio

13 de dezembro de 2018 - Atualizado em 14 de março de 2019
Franquia ou marca própria
Tempo de leitura: 3 minutos

Quando pensamos em abrir nosso próprio negócio, é comum termos dúvidas sobre investir em uma franquia ou iniciar uma marca própria. Por isso, se faz necessário analisar todos os prós e contras, pois a depender do mercado escolhido um ou outro modelo de negócio fará mais sentido na construção da empresa.

Investir dinheiro no negócio certo é o desejo de todos que almejam entrar para o mundo do empreendedorismo. Para definir qual tipo de empresa abrir e investir, é necessário mapear e calcular possíveis riscos, além de pesquisar tendências e conhecer os desejos e necessidades do público que você atenderá.

Uma boa forma de organizar a estratégia de maneira simples e objetiva é fazer um plano de negócios, que permite identificar se realmente a ideia ou o mercado tem potencial para virar um negócio de sucesso.

Além disso, é muito importante que você se identifique com o core business do seu negócio, ou seja, que seja apaixonado por aquilo que oferecerá ao seu cliente.

Para te ajudar, ao longo deste post citaremos vantagens e desvantagens que uma franquia e uma marca própria podem oferecer. Confira!

Abertura de EmpresaPowered by Rock Convert

Franquia: padronização e tradição

Quando citamos uma franquia, estamos falando de uma marca já estabelecida no mercado, que já possui uma reputação perante o público. Ao investir neste tipo de negócio, haverá muitos itens já definidos que você como franqueado não precisará criar, como identidade visual do espaço de atendimento, produtos e serviços oferecidos, dentre outros.

Além disso, indicadores como capital de giro necessário para manter o negócio nos primeiros meses e tempo de retorno do investimento total realizado já foram mapeados, permitindo que o empresário tenha maior segurança em investir no negócio.

As franquias também são muito conhecidas por sua padronização. Todos os pontos de venda e atendimento de uma mesma marca franqueada são padronizados em diversos pontos, como identidade visual, campanhas, atendimento, dentre outros.

Dessa forma, o empreendedor que deseja se tornar um franqueado deve saber que o seu negócio seguirá um padrão pré determinado pela franqueadora. Essa falta de liberdade de criação é a principal desvantagem para os empreendedores visionários optarem por este modelo de negócios.

Definitivamente se você é um empreendedor que pretende tocar seu negócio de acordo com suas crenças e expertise, e deseja ter controle integral sobre todos as decisões e rumos do negócio, a franquia não pode ser a sua opção.

Se você deseja investir em uma franquia, lembre-se:

  • procure conhecer as unidades do negócio que já existem;
  • teste seus produtos e serviços;
  • avalie o atendimento e procure conhecer as pessoas que já são franqueados da marca, pois elas são aquelas que poderão lhe dizer com clareza quais são as vantagens e desvantagens em investir naquela marca específica.

Marca própria: inovação e personalidade

Quando pensamos em começar um negócio totalmente do zero, a princípio parece assustador. No entanto, se o empreendedor estiver disposto a arregaçar as mangas, seu negócio pautado em uma marca própria ainda não existente no mercado poderá dar certo.

Para isso, é necessário muita pesquisa e estudo. Após definir o ramo de atuação da empresa, é indicado que o empreendedor pesquise aqueles que provavelmente serão seus principais concorrentes. Essa estratégia de comparação possui o nome de Benchmarking, ao qual Jeff Bezos, fundador da Amazon, tem como uma das suas principais premissas, e segundo ele o empreendedor “deve sempre ficar de olho na grama do vizinho.”

Por meio desse processo de pesquisa você identifica o que pode ser feito pela sua empresa que não é feito por nenhuma outra, algo que possa ser considerado um diferencial da marca.

Esse diferencial pode estar atrelado a diversas esferas do negócio, como qualidade do produto/serviço, atendimento, divulgação, dentre outros.

Além de fazer todo o estudo de mercado, investindo em uma marca própria o empreendedor poderá personalizar a sua empresa da forma como desejar, desde o logotipo da sua marca até a identidade visual do espaço físico.

Outro ponto importante é que, diferentemente do modelo de franquia, uma empresa com marca própria demanda do empresário maior conhecimento de gestão empresarial e financeira. Neste caso, o ideal é que o empreendedor possua reservas financeiras de emergência para caso as previsões não saiam como o esperado.

Se você deseja investir em uma marca própria, fique atento! Pesquise, estude, avalie e prepare-se para enfrentar um grande desafio.

Abertura de EmpresaPowered by Rock Convert

Após a criação do plano de negócios e a decisão de aderir franquia ou marca própria, você deve contar com uma assessoria contábil experiente para realizar as questões burocráticas relacionadas à legalização do seu patrimônio e na criação de um planejamento tributário para mapear todas as operações da sua empresa.

Nesta construção do seu negócio, conte com a LAFS, empresa contábil que já realizou mais de 18.000 legalizações de patrimônios no Brasil.

Para saber mais sobre abertura de novos negócios confira nossa matéria sobre Como abrir o próprio negócio: 6 dicas para tirar suas ideias do papel.

Abertura de EmpresaPowered by Rock Convert

Veja Outras postagens