Receba nossas Novidades!

Fique por dentro das novidades do mundo contábil.

Tributário

Quais impostos meu petshop deve pagar? A gente explica!

6 de novembro de 2018
Quais impostos meu petshop deve pagar? A gente explica!

Sabemos que acompanhar de perto as diversas mudanças a respeito de leis, tributos e impostos não é tarefa fácil, ainda mais para pessoas que não têm afinidade com a área contábil. Por falar nisso, você, como gestor, sabe como funciona a cobrança de impostos para petshop? Se sua resposta for não, então, este artigo vai ajudar bastante!

Primeiramente, não se sinta culpado, já que se perder nesse mundo complexo e repleto de burocracia é natural até mesmo para aqueles gestores de empresas mais experientes. E como nós sabemos dessa dificuldade, elaboramos o conteúdo de hoje pensando em você.

Nosso objetivo é mostrar os impostos que são obrigatórios para o petshop, além de elucidar a importância da assessoria contábil para realizar as principais obrigações fiscais e os relatórios contábeis em torno do seu negócio. Ficou interessado? Então, acompanhe!

Como fazer um planejamento tributário para seu petshop?

O planejamento deve ser feito por intermédio de um contador qualificado, experiente e apto para assumir a responsabilidade da gestão tributária do seu negócio. Com estudos aprofundados e análise do mercado nacional, é possível delinear um planejamento tributário eficiente.

O empresário pode traçar planos com os seguintes objetivos: evitar incidências de impostos indevidamente, reduzir os valores que serão recolhidos, trocar o enquadramento e adequar o regime tributário, com base na legislação vigente. Contudo, ressaltamos a importância de estar atento à utilização de táticas ilícitas, como:

  • sonegação fiscal: o art. 1º da lei nº 4.729/65 define as práticas que constitui o crime;
  • evasão fiscal: violação das leis tributárias por meio de manobras que evitam o pagamento impostos;
  • dissimulação fiscal: resume-se em fraudar informações de resultados e apurações.

Em um país no qual a carga tributária é alta, um plano tributário surge como uma “luz no fim do túnel” e ajuda a reduzir despesas de forma legítima. Porém, lembramos que qualquer tipo de prática que visa sonegar informações à Receita Federal e a órgãos públicos é um crime passível de punições. Portanto, se você não quer problemas sérios com Fisco, evite fraudar dados.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Quais impostos o petshop deve pagar?

Uma petshop geralmente possui atividades de serviços e comércio, logo, é fundamental que a empresa conte com uma assessoria especializada para identificar o melhor regime tributário para o seu negócio, uma vez que sua operação seja híbrida, possuirá incidências de uma gama maior de impostos, resultando no aumento a complexidade.

Conheça abaixo os 2 principais regimes de tributação para sua empresa e entenda qual se encaixa melhor em seu cenário.

 

Simples Nacional

O Simples Nacional é o regime onde os tributos são recolhidos de forma unificada, porém a apuração é realizada com base nas atividades, como geralmente as operações de uma Petshop compreende atividades de vendas e serviços seu impacto tributário pode parir de 4% sobre o faturamento podendo chegar até 30%.

A análise para identificar se o Simples Nacional será a melhor opção para empresa compreenderá, entre outras informações, o faturamento acumulado, origem das receitas por atividade e custo de folha de pagamento.

É importante destacar que para a empresa optar este regime de tributação, precisará está dentro das regras do Simples Nacional, como: limite de faturamento anual de até R$ 4.800.000,00, regularidade fiscal entre outras, veja agora os prós e contras ao aderir ao Simples

Prós:

  • redução da carga tributária sobre folha de pagamento;
  • carga tributária menor para as atividades de comércio e serviços de banho e tosa;
  • fiscalização com menos burocracia.

Contra:

  • faturamento limitado;
  • não aproveitamento dos créditos de ICMS;
  • carga tributária maior para receitas de atividades veterinárias.

Lucro Presumido

A grande maioria das Petshops optam pelo regime simplificado, porém somente é o possível afirmar que será a melhor opção após a realização do planejamento tributário com uma assessoria de qualidade.

A grande diferença da opção do lucro Presumido em frente ao Simples Nacional é que o ICMS é apurado em regime de débitos e créditos, desta forma o tributo estadual pago na compra de mercadoria poderá ser abatido na venda. Com isso o impacto tributário poderá variar entre 6,65% a 27% para as atividades de venda. Já as atividades de serviços possuirá um percentual a partir de 16,33%  sobre o faturamento.  conheça os prós e contras do Lucro Presumido.

Prós:

  • aproveitamento dos créditos de ICMS das compras;
  • carga tributária menor para a atividade veterinária.

Contra:

  • fiscalização mais burocrática;
  • demonstrar o controle de estoque ao governo;
  • carga tributária maior para receitas das atividades de venda e banho e tosa.

Como uma assessoria contábil ajuda a controlar os impostos para petshop?

Contar com o auxílio técnico de uma assessoria contábil experiente pode ser fundamental para coordenar, planejar e organizar as cobranças obrigatórias de impostos para petshop. A Contabilidade vai garantir segurança para que os processos sejam realizados conforme a lei tributária vigente no país.

Problemas gerados por divergências de receita

Com a fiscalização cada vez mais célere, digital e eficiente, os índices de empresas que estão sendo notificadas e autuadas por divergência dos valores recebidos de cartão de crédito e débito com a receita apresentada ao fisco, aumentam a cada dia.

Diante da nossa experiência em solucionar irregularidades dessa natureza, apresentamos um caso real de uma Petshop que possui em seu quadro de atividades receitas de serviços como banho e tosa e consultas veterinárias, como também vendas de mercadorias.

Os recebimentos eram centralizados e em sua maioria por meio de cartões de crédito e débito, entretanto, por considerar os custos operacionais pertinentes as atividades de serviços altos e não terem um apoio adminsitrativo para organizar as emissões de notas fiscais, a empresa decidiu emitir somente os documentos fiscais referente às vendas de mercadorias.

A apuração dos impostos foram realizadas com base nas notas fiscais emitidas, neste caso as receitas das prestações de serviços não foram tributadas.

A Secretária de Fazenda Estadual em uma fiscalização simples e automatizada, comparou os valores declarados nas obrigações acessórias e a apuração fiscal, com os recebimentos apresentados pelas operadoras de cartões de crédito e débito, e identificou divergências onde o recebimento da empresa era superior ao apresentado nas declarações.

Com o apontamento do Governo do Estado, inclusive apontando as receitas omitidas e sem tributação, a empresa foi notificada para regularizar-se.

Diante desta ingrata surpresa essa empresa nos procurou para regularizarmos a situação fiscal estadual fruto da notificação. Vale destacar que, a notificação apresentava divergências de 11/2015 à 12/2017.

Analisamos a questão, e a empresa que até aquele momento era optante do Simples Nacional, com a regularização das receitas omitidas seria excluída do regime simplificado e sua apuração fiscal de todo o período seria refeita pelo Lucro Presumido, que não só possui maior carga tributária como também deveríamos transmitir todas as declarações obrigatórias fora do prazo legal e com incidência de multa sancionatória.

Assim, a empresa que era uma excelente Petshop e bem reconhecida no mercado, por descontrole empresarial e financeiro sofreu um enorme prejuízo, pois teve que realizar uma série de procedimentos desnecessários que quando se conta com uma verdadeira assessoria contábil no dia a dia do negócio pode-se evitar.

Portanto, você não quer que sua empresa faça parte da estatística, não é verdade? Se o seu caso é parecido, chegou a hora de  agir. Quando a empresa autoregulariza a situação fiscal, há reduções de multas e a depender do caso é possível que declarações transmitidas em atraso espontaneamente não sofram aplicações sancionatórias de multas.

Que relatórios contábeis auxiliam na gestão do negócio?

A contabilidade é fundamental para qualquer empresa que busca crescimento, melhores resultados operacionais e colocação no mercado.

Por meio dos relatórios contábeis é possível a Petshop analisar e  identificar de forma pormenorizada  seus custos operacionais, conhecer seu o fluxo de caixa, além de ter informações precisas do seu giro de estoque.

Com toda essa gama de informações de qualidade em mãos, o empresário poderá tomar decisões de forma precisa, seja para melhor precificação dos seus serviços e produtos, cortar custos desnecessários ou comprar melhor seguindo o controle de estoque.

Conheça abaixo os principais relatórios que uma assessoria contábil com experiência oferece:

  • balanço patrimonial;
  • fluxo de caixa;
  • resultado do exercício;
  • resultado abrangente;
  • lucros e prejuízos acumulados;
  • giro de estoque;
  • mutações do patrimônio líquido.

Por que contratar uma empresa especializada?

Poder contar com recursos estratégicos, como a colaboração de uma empresa de contabilidade, é uma excelente opção para o empreendedor que tem dificuldades com seu negócio. Com a tecnologia avançada e os profissionais capacitados, uma assessoria contábil pode disponibilizar diversas rotinas contábeis importantes para seu petshop, tais como:

  • emissão de notas fiscais;
  • composição de contratos sociais;
  • declarações fiscais;
  • folha de pagamento;
  • pró-labore;
  • planejamento tributário;
  • elaboração de relatórios contábeis.

Além, é claro, de ajudar com os impostos para petshop que são cobrados pelo governo, enquadramento a empresa no melhor regime tributário. E esses são apenas alguns dos benefícios que uma empresa especializada na área contábil pode oferecer para os empreendedores que têm dificuldades em gerenciar a parte contábil de um negócio.

Com experiência em seu nicho de operação, uma empresa confiável nesse ramo oferece serviços qualificados e eficazes ao empresário, incluindo orientações para melhorar a atuação no segmento de atividade (seja ela qual for) e assessoria personalizada nos inúmeros setores em que seu petshop pode e precisa crescer.

E aí, gostou do conteúdo que preparamos para você? Entendeu qual importância de uma contabilidade na gestão do seu negócio e quais são os principais impostos para petshop cujo pagamento é obrigatório? Então, aproveite para compartilhar este artigo nas suas redes sociais para que mais pessoas saibam tudo sobre esse assunto. Até a próxima!

Tudo sobre o Simples Nacional, Lucro Presumido e Lucro RealPowered by Rock Convert

Veja Outras postagens