fbpx

Receba nossas Novidades!

Fique por dentro das novidades do mundo contábil.

Empreendedorismo, Serviços

Quais os benefícios da contabilidade completa para ME e EPP?

10 de fevereiro de 2020
Benefícios da Contabilidade Completa
Tempo de leitura: 4 minutos

Já parou para pensar que uma contabilidade completa pode ajudar a sua Microempresa (ME) ou Empresa de Pequeno Porte (EPP) alavancar? A princípio, uma escrituração contábil mais superficial pode parecer atrativa nessas condições. Entretanto, aplicar as leis, normas e princípios contábeis de forma qualitativa resulta em benefícios a curto, médio e longo prazo.

Por exemplo, sem uma contabilidade completa é possível que a distribuição dos dividendos seja feita equivocadamente. Isso acontece por que quando uma ME ou EPP não escritura todos os relatórios exigidos há uma limitação do valor a ser distribuído aos sócios correspondente a base de cálculo do imposto de renda, subtraindo ainda os tributos. Você sabia disso?

Cada vez mais temos encontrado empresários que desconhecem essa regra não e geram enorme risco financeiro e administrativo ao negócio, ao passo que distribuem os lucros em patamares superiores ao previsto na legislação, que é 32% para prestadores de serviços e 8% para comércios, por exemplo, quando não há uma contabilidade completa.

Esse risco financeiro é alto porque em uma eventual fiscalização, a diferença entre o valor distribuído e o percentual acima, considerando ainda os tributos, seria autuado para o pagamento sobre 27,5% a título de imposto de renda pessoa física.

Então, por falta de um acompanhamento de uma assessoria contábil completa e com profissionais multidisciplinares com capacidade de orientar o empresário sob as melhores práticas contábeis e tributárias, o negócio fica à mercê da fiscalização, uma vez que há uma tributação desnecessária e que impacta diretamente nos resultados do negócio e no bolso do empresário.

Contratar uma equipe contábil qualitativa, que faça o seu trabalho de uma maneira minuciosa, emitindo relatórios periódicos e dando suporte no que for necessário, colabora na gestão do seu negócio e para que sua empresa apresente bons resultados contábeis.

Relatórios eficientes fazem diferença

Relatórios aprimorados contêm informações que fazem a diferença. É preciso mudar o olhar diante da contabilidade e ver que esse mercado não serve apenas para ajudar na hora de cumprir burocracias brasileiras, ou cobrar consistência no pagamento de tributos. Esses documentos podem e devem ser usados em prol da sua empresa. Veja oportunidades:

  • Analisar de um jeito mais assertivo a longevidade da empresa;
  • Ter controle sobre vendas, despesas, entre outros custos;
  • Saber se o seu negócio está operando em modo lucrativo ou com prejuízos;
  • Planejar e redimensionar investimentos futuros.

Seja ME ou EPP, valorize relatórios contábeis completos e não superficiais. Eles podem fazer toda a diferença na hora de colocar toda a contabilidade da sua empresa no papel e definir quais são os parafusos que precisam ser apertados ou afrouxados para um caixa mais saudável.

Decisões Eficientes

Microempresa ou Empresa de Pequeno Porte, quando auxiliadas por uma empresa de Contabilidade que executa as tarefas com mais afinco, as tomadas de decisões tornam-se mais eficientes e assertivas. O profissional, junto à empresa, consegue identificar problemas com mais facilidade e, na mesma medida, encontrar uma solução.

Em relação a pagamentos, ter essa colaboração extra faz com que haja uma possibilidade maior de ter o controle sobre contas que ainda não foram fechadas. Sendo assim, será possível deixá-las em aberto por pouco tempo, evitando, por exemplo, multas e outros transtornos.

O empreendedor também saberá a veracidade da movimentação financeira, além de ter uma organização dos processos administrativos. Lembrando que tudo da empresa, converge para a contabilidade. Por falar nisso, ter conhecimento desses dados, é uma maneira de identificar e analisar os seus objetivos decorrentes ao negócio.

Planejamento Tributário Anual

E já que o assunto é benefício de uma contabilidade completa, é importante mencionar o planejamento tributário anual.

Para começar, saiba que tributação nada mais é do que um dever para cooperar com o Estado, fazendo com que ele consiga atuar tanto na vida econômica e social da população. Sendo assim, a legislação prevê algumas regras, que vão variar de acordo com o tipo de cada empresa.

Caso não queira se surpreender negativamente no setor financeiro do seu negócio, a dica é buscar assistência desses profissionais. Somente eles irão auxiliar e informar, de fato, quais são as obrigações tributárias que devem ser cumpridas.

Aliás, obter um planejamento tributário anual é uma maneira de diminuir a carga tributária sob o empreendimento com base na legislação e ainda agir preventivamente em algum processo ou procedimento à ser sanado ou ajustado antes de algum procedimento fiscalizatório. Ou seja, você evita problemas com o fisco e consegue diminuir impostos a serem pagos, sem, obviamente, sonegá-los.

Precisando de mais provas de que uma contabilidade completa pode fazer toda a diferença? Preparamos uma agenda tributária contendo os principais tributos e obrigações Federais do ano de 2020, separadas por datas, descrições e vencimento. Ter isso em mãos vai fazer com que você tenha um controle muito maior sobre suas obrigações fiscais. Clique aqui e baixe agora!

Informações Precisas

Para concluir o passo a passo desse planejamento é importante levantar alguns dados completos com a assistência de um contador. Seguem as informações necessárias:

  • Previsão de faturamento (receita bruta);
  • Previsão de despesas operacionais;
  • Margem de lucro;
  • Valor de despesas com empregados.

Após concluir essa etapa, será feito o planejamento, que irá permitir traçar objetivos, processos e seguir à risca as leis tributárias. Ressaltando que tudo dependerá de qual regime a sua empresa se enquadra.

Atenção! Estabeleceu um planejamento tributário? Excelente. Mas aqui vai uma dica valiosa: não se prenda, em hipótese alguma, a um único plano. É importante revisá-lo anualmente, afinal, as leis sofrem alterações.

Tipos de Regimes Tributários

Há três principais tipos de regime tributário, como o Simples Nacional, Lucro Real e Lucro Presumido. Esse primeiro, é um regime simplificado onde todos os tributos são pagos em uma única guia. O segundo é uma forma de tributação, onde o Imposto de Renda é apurado com base em uma presunção de lucro, ao qual chama-se base de cálculo. Quanto ao último, embora não haja uma presunção, é possível adicionar as despesas operacionais do negócio para a aferição do valor à ser apurado do Imposto de Renda e é o regime que demanda maior número de declarações e organização administrativa do negócio.

Onde a minha empresa se enquadra?

Como é de fácil percepção, cada uma dessas formas de tributação possui suas especificidades e é imprescindível antes da escolha por um outro regime a análise fidedigna da operação do negócio, não existindo, portanto, receita de bolo.

Em primeiro lugar, enquadramento tributário é um conjunto de regras que todos, sejam pessoas físicas ou jurídicas, estão sujeitos. O que difere é a condição e as atividades de cada um.

Portanto, contar com uma assessoria contábil de qualidade na hora de escolher a forma de tributação pode-se configurar um verdadeiro divisor de águas para os rumos do negócio, pois essa decisão empresarial impacta diretamente nos resultados da empresa e uma vez escolhido um regime tributário, esse somente poderá ser alterado no próximo ano.

Percebeu o quanto uma contabilidade completa é determinante para você e seu negócio? Contratar uma Empresa de Contabilidade não serve apenas para cumprir formalidades com o fisco. Quem sabe essa medida não seja a peça que falta para que o seu negócio alavanque de um jeito eficaz e seguro? Em caso de dúvidas ou decidindo por dar um upgrade na sua empresa, entre em contato conosco.

5 erros contábeisPowered by Rock Convert

Veja Outras postagens