Receba nossas Novidades!

Fique por dentro das novidades do mundo contábil.

Empreendedorismo

4 coisas que você precisa saber sobre a gestão por resultados

28 de maio de 2018

A rotina é uma faca de dois gumes: se por um lado ajuda a organizar tarefas, por outro pode reduzir a atenção para o que realmente importa, que é atingir os objetivos. A gestão por resultados é a forma que a ciência da Gestão encontrou para que as pessoas pratiquem o “desapego” a condutas e procedimentos que burocratizam os processos e tornam a operação ineficiente através de esforços pouco efetivos.

O marco zero da teoria dessa forma de gerir remonta aos anos 50, quando o célebre Peter Drucker lançou o livro The Practice of Management. Na obra, o termo Management by Objectives (MBO) ganhou projeção e ainda hoje é adotado com sucesso por empresas em todo o mundo.

Sua empresa pode e deve adotar esse modelo para melhorar sua performance, concorda? Para isso, avance na leitura deste artigo, em que revelamos tudo sobre a administração orientada para o cumprimento de metas.

Fale com um especialista

Possui dúvidas? Nossos especialistas estão prontos para te atender.

1. O que é gestão por resultados?

É um método caracterizado por realizações e conquistas. Os locais de trabalho são orientados para o resultado e baseado no mérito, os profissionais aspiram ao desempenho com excelência. Os colaboradores são unidos pela competência e sucesso, cabendo aos gestores avaliar e valorizar cumprimento de metas.

No dia a dia de empresas de todos os portes, é muito comum a percepção de que as tarefas executadas não fazem sentido. Nesse aspecto, empresas fortemente burocratizadas são as que mais se prejudicam. Nelas, o apego aos procedimentos é o que importa — e o pior, seus líderes acreditam que estão fazendo a coisa certa. Afinal, se um dia deu certo e até hoje se faz assim, por que questionar?

É exatamente nessa zona de conforto criada por métodos outrora bem-sucedidos que mora o perigo. Evidentemente, todo método cria, por força de hábito, uma rotina que vai sendo seguida ao longo do tempo. O x da questão se encontra em detectar quando esse método deixa de ser eficaz e passa a ser um entrave.

Foi pensando nisso que o já citado Peter Drucker desenvolveu toda uma teoria. Preocupado com o imobilismo das empresas em sua época, ainda influenciadas por valores que já não davam respostas aos desafios que surgiam, ele foi adiante em busca de respostas satisfatórias.

Portanto, a gestão por resultados é a saída que sua empresa pode estar procurando para que seus negócios de fato aconteçam. Com esse modelo, pessoas passam a desempenhar suas atividades tendo em vista os objetivos a serem atingidos e não manter os processos já conhecidos. Percebe a diferença?

2. O que precisa para ser colocada em prática?

Embora seja, de certa forma, uma crítica ao apego excessivo aos processos, gerir com foco em objetivos claros não significa adotar uma postura apressada e imediatista. Pelo contrário: resultados só aparecem quando sua empresa está amparada por toda uma retaguarda, que implica:

Planejamento estratégico:

  • Podendo adotar entre as várias metodologias existentes, a Matriz SWOT de análise de empresas, cujo objetivo é dar direcionamento estratégico para organização com base no ambiente interno e externo, determinando sua missão, visão, valores, objetivos, metas, plano de treinamento, avaliação e acompanhamento;
  • Otimizando os departamentos, tais como: compras, estoque, logística, design de ambiente e lojas e demais departamentos operacionais;
  • Escolhendo os parceiros ideais e confiáveis para os departamentos mais técnicos que geram maior custo e necessitam também de maior envolvimento emocional por parte dos sócios administradores, como: Contabilidade, que tem como responsabilidade a execução de tarefas que pode se iniciar com a legalização da empresa, implantação de controle de custo e assessoria em todas as fases da empresa; Recursos Humanos, que publica vagas de empregos conforme perfil da contratante, seleciona, aplica teste psicotécnico e provas técnicas, trazendo o melhor profissional possível; Marketing, que planeja e executa a divulgação da sua marca tornando a empresa conhecida, inclusive nos meios virtuais.

Poderíamos enumerar outros elementos, mas fica claro que, para gerir seu negócio de olho nos resultados, você precisará de muita informação e uma base sólida para se apoiar.

3. Como implementar?

Já que citamos o mentor da teoria, nada mais adequado que destacar o passo a passo resumido que Peter Drucker desenvolveu para tornar empresas orientadas para o sucesso:

Análise dos objetivos empresariais

Antes de definir quais resultados precisam ser atingidos, é importante saber se os atuais ainda são válidos, se precisam ser reajustados ou mesmo completamente descartados. Essa revisão deve considerar os dados que você tiver à disposição, de acordo com o que mostrar a análise SWOT, sigla em inglês que significa forças, fraquezas, oportunidades e ameaças, cujo a função é analisar o mercado e a própria empresa, para executar estratégias que melhorem os resultados, otimizando processos e ajustando lacunas que deixem a empresa vulnerável perante ao mercado em geral.

Ação sem direção não traz resultados positivos, portanto, foque em desenhar sua estratégia empresarial, pois será ela que norteará os caminhos que sua empresa percorrerá em busca do sucesso.

Para tanto, toda a empresa deverá estar completamente alinhada na direção definida, de modo que objetividade, clareza e transparência será fundamental para que todos estejam conectados e entendam sua missão.

Definição dos objetivos dos colaboradores

Sua empresa deverá alinhar cada um dos setores, modelando através de um fluxograma operacional o papel de cada colaborador dentro do projeto. É nesse momento que serão definidas as funções, tarefas, prazos e metas menores, até que o grande objetivo seja cumprido.

Um problema muito grave enfrentado pelos gestores e que prejudica a execução da estratégia é a resistência interna à mudança. Neste sentido, como gestor, você deve integrar, acompanhar, checar e ajustar, cada uma das tarefas dos seus colaboradores, evidenciando o bom trabalho e rechaçando aqueles que estejam em desacordo com o fluxo pré definido, pois uma vez que seu projeto ou estratégia perca a credibilidade, você não terá o apoio operacional tão importante para alcançar o resultado esperado.

Por exemplo: vamos imaginar que o grande objetivo em um comércio local seja, dentro de um ano, aumentar o faturamento bruto em 20%. Quanto cada vendedor precisará vender a cada mês? Qual metodologia gerencial será aplicada? Que estratégia de marketing será utilizada? As respostas a essas perguntas serão o guia das ações diárias, que vão convergir no objetivo maior.

Acompanhamento do processo

Não se pode apenas determinar de forma arbitrária que as pessoas façam algo para depois deixá-las sozinhas. Periodicamente — e sempre pautado em indicadores relevantes — você deverá avaliar a performance das equipes, os resultados obtidos e cotejar com o resultado esperado.

Se seu comércio quer aumentar o faturamento em 20%, significa que, ao longo de um ano, precisará vender entre 2% e 3% a mais — já considerando inflação, juros e impostos. Sendo assim, você tem um indicador relevante para poder verificar se todos estão caminhando na direção certa ou se algum ajuste deve ser feito.

Avaliação de desempenho

Uma vez que os resultados sejam avaliados em ciclos, o desempenho das pessoas envolvidas será igualmente medido. A proposta, nessa fase, é confrontar os resultados que cada um apresentar para adoção de medidas corretivas, manutenção da performance ou mesmo fazer remanejamento de funções, se necessário.

Você como líder deve entender que, o princípio basilar de qualquer estratégia é adotar um posicionamento realista sobre as capacidades, competências, recursos disponibilizados e a capacidade econômica do negócio, para que a análise seja coerente com a realidade fática da empresa.

A execução da estratégia demanda mudanças de comportamento, procedimentos e até mesmo profissionais, portanto, não tente salvar à todos independente do resultado almejado, de tal modo que infelizmente há casos que os menos produtivos devem deixar de ser aproveitados em prol do resultado.

Recompensa

Uma das vantagens do gerenciamento baseado em resultados é que tornam muito mais claros os critérios para se obter recompensas. Todos saberão o que precisam fazer para conseguir os benefícios previstos, o que gera mais engajamento e compromisso com o negócio principal.

Incentivos são sempre muito bem vistos e não estamos falando apenas do financeiro, como um sistema de remuneração variável. Existem profissionais que o reconhecimento profissional é muito mais valioso do que a própria remuneração do trabalho.

4. Quais são as vantagens para a empresa?

Nada melhor para um empreendedor do que saber para onde quer ir e o que fazer para isso, não é? Sendo assim, a lucidez conquistada é a primeira vantagem a partir do ponto em que as metas passam a guiar o trabalho das pessoas.

Por ser um modelo que demanda acompanhamento ininterrupto, outra vantagem é que o controle sobre as ações vai se aperfeiçoando com o tempo. Você vai passar a entender que, por mais útil que seja, uma ferramenta pode ser sempre melhorada — e isso não implica de forma alguma ir contra seus princípios ou valores.

É em função desses valores que suas metas serão traçadas, para que sua empresa cumpra sempre o objetivo mais importante de todos, que é resolver os problemas das pessoas.

Vale lembrar o caso da Nokia, que perdeu a dianteira do mercado de telefonia e ainda hoje busca recuperar o espaço perdido. Seus executivos se preocuparam tanto em incrementar os aparelhos que esqueceram que seu negócio era a comunicação, não os celulares em si.

Em parte, a derrocada da ex-gigante da telefonia se deve à desconexão entre os objetivos comerciais e seus reais valores, o que poderia ser evitado com a gestão por resultados permeando suas atividades.

Certamente sua empresa não vai seguir esse exemplo, mas, para isso, você vai precisar estar sempre muito bem informado. Aí vai uma dica: assine agora nossa newsletter, receba nossos conteúdos em sua caixa de entrada e garanta conteúdo de qualidade para ter resultados ainda melhores!

Veja Outras postagens