Receba nossas Novidades!

Fique por dentro das novidades do mundo contábil.

Empreendedorismo

Como abrir um e-commerce? Descubra aqui!

12 de julho de 2018
Como abrir um e-commerce

Com a escalada no crescimento do comércio virtual, é natural que as empresas passem a olhar para o segmento com mais atenção. Como abrir um e-commerce é relativamente simples e o custo baixo, é um investimento com altas taxas de retorno, portanto, potencialmente lucrativo.

Entretanto, como em todo negócio, é preciso cercar-se de cuidados e planejar meticulosamente a entrada no ramo digital. Explorando o nicho certo, com as ferramentas adequadas e a estratégia mais inteligente, em pouco tempo você terá no e-commerce uma fonte de receitas indispensável. Quer saber como? Prossiga a leitura!

Solucione os problemas das pessoas

O comércio pela internet apresenta uma vantagem substancial em relação ao varejo físico: é possível conhecer com detalhes e a um custo baixo o que as pessoas estão procurando.

Assim, se você ainda não tem um ramo de atuação bem definido, poderá saber quais são as demandas a serem exploradas com mais chances de êxito. Para isso, ferramentas como o Google Trends e SEM Rush podem dar pistas sobre o que as pessoas procuram nos mecanismos de busca, por meio de pesquisas de palavras-chave.

Essas palavras valem ouro! Conheça as mais pesquisadas ou que apresentem menos concorrência e monte seu negócio digital baseado nelas. Dessa forma, seu empreendimento terá um ponto de partida para ser um solucionador de problemas e não apenas mais uma empresa lutando por uma fatia do mercado.

Formalize a empresa nos órgãos públicos

Mesmo sendo um negócio digital, você deverá formalizar sua nova empresa perante os órgãos públicos. Para isso, é primordial o apoio de uma assessoria contábil para realizar todos os procedimentos burocráticos.

O Brasil é um dos países com o processo de legalização de empresas mais demorado do mundo, portanto, com o auxílio de uma empresa experiente você não só ganhará tempo como também não perderá dinheiro com o processo caindo em exigência prejudicando o início das suas atividades.

Escolha o regime tributário correto

No Brasil existem três principais formas de tributação – Lucro Real, Lucro Presumido e Simples Nacional – cada qual com sua especificidade, de tal modo que não há uma receita de bolo que determine que um ou outro regime tributário é melhor para uma atividade específica.

É imprescindível que você já no início das atividades e no início de cada ano faça um planejamento tributário, que não só analisa a forma de tributação mais benéfica para sua empresa possibilitando que você pagará menos impostos com base na legislação, como também age na prevenção à fiscalização e no alinhamento de procedimentos internos tributários.

Escolha uma plataforma de e-commerce

Uma vez que tenha identificado um nicho para explorar, vem a necessidade de escolher por uma plataforma de comércio virtual adequada. Tenha cuidado, pois, embora sejam muito parecidas, nem todas oferecem as mesmas soluções. Dependendo do tipo de produto ou serviço que seja vendido, algumas serão mais ou menos indicadas.

Um aspecto fundamental na escolha da plataforma de e-commerce são as alternativas para pagamentos que ela oferece. Prefira as que contam com mais variedade e, se possível, contrate um software para fazer intermediação de pagamentos. Vai poupar tempo e facilitar bastante o seu controle.

Desenvolva estratégica de marketing digital

Sete em cada dez empresas brasileiras estão investindo em marketing de conteúdo. Essa estatística revela não apenas que os negócios já estão atentos e sabem como abrir um e-commerce e mantê-lo lucrativo, mas que estão aumentando sua autoridade.

Quanto mais empresas utilizam conteúdo para aumentar seus lucros, melhor para o mercado. Afinal, a proposta dessa modalidade de marketing é educar o cliente até que ele finalmente decida pela compra, o que gera efeitos positivos como um todo.

Por outro lado, a concorrência torna-se mais acirrada, exigindo de sua empresa muita versatilidade e investimento para gerar conteúdo de qualidade. Só assim os motores de busca mostrarão seus produtos para as pessoas certas, no volume adequado.

Produza conteúdo relevante e original

Um outro desdobramento que a escalada do comércio eletrônico gera é que as pessoas estão ficando mais exigentes em relação ao que leem na Web.

Se temos mais empresas investindo em conteúdo, é sinal de que há cada vez mais informação disponível, concorda? Por isso, quem quer se destacar e vender bem precisará oferecer conteúdo com informação útil, original e que não seja mera cópia do que já foi publicado. Artigos, vídeos e infográficos são alguns dos formatos que você poderá usar.

Lembre-se: não basta saber como abrir um e-commerce. É necessário, depois de iniciado o comércio virtual, que sua empresa seja capaz de se manter em condições de gerar negócios em quantidade e qualidade.

Ficou interessado e quer saber como investir da forma certa em e-commerce e receber outros conteúdos úteis? Assine nossa newsletter e esteja sempre à frente da concorrência!

Veja Outras postagens