fbpx

Receba nossas Novidades!

Fique por dentro das novidades do mundo contábil.

Aposentadoria

Saiba como investir e multiplicar o dinheiro do saque do FGTS

7 de novembro de 2019 - Atualizado em 12 de novembro de 2019
Mulher segurando um cofrinho em cada mão
Tempo de leitura: 5 minutos

Em julho deste ano, o governo federal anunciou algumas novidades nas regras para a liberação de saque do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), que inclui dois tipos distintos de saque: o imediato e o saque-aniversário. Você sabe a diferença entre eles? Pretende quitar dívidas ou investir o seu dinheiro? Tá com dúvida? A gente te ajuda!

Neste post,vamos esclarecer algumas dúvidas e dar dicas para que você possa utilizar o seu FGTS da melhor maneira e sem atrair mais dívidas. E melhor ainda, investir pensando na aposentadoria!

Entenda o que mudou

Saque-imediato – Nesta modalidade, os trabalhadores poderão sacar uma única vez até R$ 500 por conta, sejam elas ativas ou inativas, desde que tenham saldo disponível. Nesta categoria é mantido o direito ao saque de todo o saldo da conta do FGTS, desde que o trabalhador não seja demitido por justa causa.

Saque-aniversário – Esta modalidade de saque permite ao trabalhador ter acesso a uma parcela dos recursos do FGTS anualmente (5 por cento a 50 por cento do saldo no mês de aniversário).

Os interessados em aderir ao saque-aniversário já podem fazer o pedido tanto pelo aplicativo do FGTS, quanto pelo site da Caixa Econômica. No entanto, o dinheiro só estará disponível a partir de abril de 2020, de acordo com o mês de aniversário do trabalhador.

É importante destacar que uma vez que o trabalhador optar pelo saque-aniversário não poderá sacar o saldo total da conta caso seja demitido sem justa causa, apenas receberá a multa de 40% do fundo.

A medida visa estimular a economia brasileira neste final de ano e alavancar o PIB (Produto Interno Bruto). A projeção do governo é que os saques do FGTS injetem cerca de R$ 40 bilhões na economia ainda em 2019 e estimulem o consumo.

Uma vez que o trabalhador não queira realizar o saque do FGTS, é preciso solicitar à Caixa Econômica para que os recursos retornem a conta de origem. Para os trabalhadores que possuem o Cartão Cidadão, o saque pode ser feito direto no caixa eletrônico.

Conheça o novo Calendário do Saque do FGTS

A Caixa Econômica Federal anunciou em outubro a antecipação para os saques do FGTS. Veja a seguir como ficou o calendário.

    • Nascidos em janeiro: de 18 de outubro
    • Nascidos em fevereiro ou março: 25 de outubro;
    • Nascidos em abril e maio: 8 de novembro;
    • Nascidos em junho e julho: 22 de novembro;
    • Nascidos em agosto: 29 de novembro;
    • Nascidos em setembro e outubro: 6 de dezembro;
  • Nascidos em novembro e dezembro: 18 de dezembro.

A data-limite para os saques permanece como 31 de março de 2020, caso o trabalhador não resgate o montante, os recursos voltam para a conta de origem.

Quais são os riscos de aderir ao Saque do FGTS

Nem tudo são flores, alguns pontos precisam ser levados em consideração para que você tenha sua decisão com segurança e tranquilidade. Por isso, indicamos que você leia nosso conteúdo sobre os riscos de aderir ao Saque do FGTS e saiba o que pode acontecer se você optar por isso.

Conheça algumas formas de investir o dinheiro Sacado

Antes de listarmos algumas aplicações é importante você entender como funciona o rendimento do FGTS.

A remuneração paga pelo FGTS é considerada muito baixa, o que estimula o trabalhador a optar pelo saque. O rendimento é de 3 por cento ao ano, mais o lucro anual do fundo e a Taxa Referencial (TR), que está zerada, conferem retorno inferior à inflação projetada, de 3,80% para 2019.

Agora que você está por dentro de como funciona o rendimento do FGTS, você terá mais segurança e poderá se planejar para investir o seu dinheiro de acordo com o seu perfil. Vamos lá?

Dica 1 – Quite suas dívidas e comece a formar uma reserva de emergência

Estando o trabalhador endividado, especialistas em finanças recomendam que o saque do FGTS seja utilizado, prioritariamente, para liquidar ou amortizar ao máximo as suas dívidas, até porque os juros delas (cartão de crédito, cheque especial etc) são superiores ao que você pode obter em investimentos conservadores. Caso sobre algum montante é recomendado que você utilize para dar início a uma reserva para emergências, como a perda do emprego.

A quem diga que para manter a tranquilidade em casos de imprevisto, o trabalhador deve ter pelo menos uma reserva que seja compatível com o seu estilo de vida e responsabilidades domésticas durante um período de seis meses. Esta é a regra que se aplica a maioria das pessoas.

Dica 2 – Fuja da poupança

Apesar de ser o investimento preferido dos brasileiros por se tratar de uma aplicação financeira segura e permitir que você saque o dinheiro a qualquer momento, a aplicação na poupança possui baixa rentabilidade e deve ser evitada para quem pretende investir o dinheiro do saque do FGTS. Afinal, existem outras opções bem mais rentáveis. A poupança rende menos que a inflação e o trabalhador vai perder dinheiro a longo prazo.

Dica 3 – Títulos do Tesouro Selic e/ou Fundo Tesouro Selic Simples

Quer uma dica para reserva de emergência? O Tesouro Direto SELIC é uma excelente opção, pois tem a liquidez alta, ou seja, você pode resgatar o que foi investido com muita facilidade e o rendimento ainda é maior que o da poupança, mesmo com a redução que o governo tem feito gradativamente na taxa básica de juros (SELIC), e é um dos investimentos mais seguros.

Dica 4 – Invista pensando na sua aposentadoria

Boa parte dos brasileiros sonham com a aposentadoria, porém poucos estão se preparando para essa fase da vida. Quanto mais cedo as pessoas começarem a investir para a aposentadoria, mais os rendimentos serão potencializados.

Quem começa a investir ainda na juventude terá mais tempo para fazer as finanças renderem, poderá ser mais ousado nos investimentos a fim de obter ganhos maiores e precisará fazer um esforço menor do que quem deixa para começar a reserva próximo de se aposentar.  

Um investimento pensando na aposentadoria precisa ser feito levando em conta o futuro. Então, os títulos mais adequados para essa ocasião são os de longo prazo, por exemplo, o Tesouro IPCA. Outras opções de investimento são as Letras de Crédito Imobiliário (LCI), do Agronegócio (LCA), Fundos da Previdência Privada e Fundos de Investimento.

Dica 5 – Fundos Multimercado (FIM) e Fundos de Ações (FIA)

Para quem possui um perfil moderado de investidor e deseja realizar aplicações de médio prazo, os Fundos Multimercado podem ser uma excelente escolha. Apesar de possuírem um risco maior se comparado aos investimentos conservadores, eles costumam render mais que as aplicações realizadas em renda fixa. Outra dica de investimento são os Fundos de Ações.

Planejamento Financeiro

Especialistas alertam que antes de realizar qualquer tipo de investimento, é fundamental pesquisar bastante antes de tomar qualquer decisão e sempre que possível diversificar as aplicações. Afinal, é o seu dinheiro que está em jogo!

Empresários 

O empreendedor é o agente de maior instabilidade, por isso, não são todas as pessoas que estão dispostas a enfrentar o cenário complexo do empreendedorismo e neste ponto não há certo ou errado, trata-se de perfil pessoal e profissional, embora seja de fácil percepção que aqueles que ingressam neste mar agitado e imprevisível tendem a usufruir de maiores ganhos e possibilidades financeiras ao lograr êxitos em seus negócios. 

Mas para que isso ocorra, é imprescindível que haja um planejamento financeiro eficaz e fidedigno com a realidade do empreendimento, sob pena dessas maravilhosas possibilidades de escalabilidade financeira ser prejudicada. Neste ponto, contar com uma assessoria contábil com profissionais multidisciplinares contribuindo e auxiliando nas tomadas de decisões no dia a dia da empresa pode ser um verdadeiro divisor de águas para o empresário.   

Importante frisar que não estamos sugerindo nenhuma das formas de investimento acima, pois essa decisão depende do perfil da pessoa enquanto investidora. Nosso objetivo aqui foi apresentar algumas dicas de aplicação do dinheiro, mas para uma decisão correta e segura é primordial que você continue estudando o tema. 

Para saber mais sobre assuntos financeiros, trabalhistas, tributários e até mesmo ligados ao empreendedorismo, não deixe de assinar nossa newsletter para receber semanalmente nossos principais conteúdos. 

Veja Outras postagens