fbpx

Receba nossas Novidades!

Fique por dentro das novidades do mundo contábil.

Empreendedorismo

Gestão para empreendedores: tudo que você precisa saber​

9 de março de 2018 - Atualizado em 25 de maio de 2018
Tempo de leitura: 5 minutos

O gestor, como líder, é o maior responsável sobre os resultados alcançados na empresa. É o conhecimento e a dedicação dele como administrador que determinará os caminhos do negócio. Por essa razão entender sobre a gestão para empreendedores é uma exigência para o futuro da sua empresa.

Diante de instabilidades financeiras que afetam todo o país, mudança no gosto do cliente entre outros desafios do empreendedor, é importante tomar decisões que façam sua empresa se adaptar aos cenários futuros para continuar alcançando metas cada vez mais extraordinárias.

Mesmo que o seu negócio esteja nos trilhos e possua um faturamento satisfatório, ainda há espaço para melhoria e aprimoramento na administração, potencializando a produtividade e eficiência de seus colaboradores, otimizando processos, ampliando sua clientela e fidelizando-a.

Com o objetivo de maximizar os resultados dos negócios de nossos leitores, elaboramos esta publicação que informa o que exatamente é uma gestão empresarial, qual a sua importância, seus benefícios e, no fim, listamos os pontos que o empreendedor deve ficar atento! Confira!

O que é uma gestão para empreendedores?

A gestão empresarial é um conjunto de ações e planejamentos que visam melhorar a produtividade e competitividade de uma empresa. Essa determinada administração afeta diretamente os resultados, orçamento e o seu desenvolvimento.

Também faz parte desse conceito a identificação de problemas e a busca de soluções para resolvê-los, — esse ato pode ser feito pelos próprios gestores ou por meio do auxílio de profissionais contratados.

Por exemplo, se há despesas exacerbadas com tributos, o ideal é a contratação de uma assessoria contábil para conduzir um planejamento tributário, analisando com base na lei se há possibilidade de redução da carga tributária, bem como se não é necessário ajustar procedimentos fiscais, ou prevenir a empresa quanto a eventuais fiscalizações.

Por que é importante fazer uma?

A gestão empresarial identifica os pontos fortes e fracos da empresa, permitindo que o controlador extraia todo potencial do negócio e conserte suas falhas simultaneamente.

Além disso, também são elaborados planos que preparam ações para cenários negativos, garantindo o alcance de metas em qualquer situação em que o empreendimento se encontre. Diante de instabilidade econômica e política comum em países em desenvolvimento, a gestão tratada se torna um requisito obrigatório para o funcionamento de qualquer empresa.

Quais são os seus benefícios?

As vantagens de uma boa gestão empresarial estão interligadas ao desenvolvimento da companhia. Entre os principais proveitos estão:

  • estrutura o funcionamento de processos e operações, minimizando gastos e potencializando os ganhos;
  • elabora um plano de ação empresarial que possibilita um constante crescimento;
  • identifica ameaças possíveis de serem evitadas;
  • detecta oportunidades;
  • controla os fornecedores e compras, mantendo um estoque eficiente.

Quais são os pontos em que o empreendedor deve ficar atento?

Agora que você sabe a importância dessa gestão, confira abaixo alguns pontos a serem seguidos pelo empreendedor para aproveitar dos benefícios listados.

Conheça o mercado no qual vai atuar

Saber definir e validar o modelo de negócios da sua empresa é o primeiro passo a ser observado. Para conhecer o seu mercado você deve saber o tamanho dele, ou seja, a quantidade de potenciais clientes.

Caso na sua região tenha milhões de potenciais consumidores, você deve estabelecer uma meta mínima para alcançá-los, como 1% desse número nos próximos cinco anos. Entretanto, se há um baixo número de clientes, você deve escolher outro local com um maior leque de consumidores, abrir novas filiais em outra região ou fazer uso de uma loja virtual para alcançar todo o território nacional.

Conheça seu público-alvo e concorrentes

Os clientes que determinarão o sucesso ou fracasso de seu negócio, são eles quem você deve entender e agradar, além de resolver seus problemas. Suas decisões devem não somente buscar melhorias internas na sua companhia, como a escolha do regime tributário correto, também é fundamental almejar a satisfação dos consumidores.

Para isso, se coloque no lugar do cliente, vá ao seu estabelecimento e como se fosse um, identifique quais são os possíveis problemas que eles terão e busque resolvê-los. Além disso, realize uma análise de mercado ao estudar as decisões tomadas pelos seus concorrentes. Assim, você pode evitar erros que eles cometeram e adotar estratégias bem-sucedidas.

Utilize ferramentas de gestão que otimizem seus processos

Com o avanço tecnológico, surgiram inúmeras ferramentas que automatizam os processos puramente burocráticos de sua companhia, como o cadastro de clientes, execução de cálculos, cumprimento de obrigações fiscais entre outros.

Ao adotar ferramentas eletrônicas de gestão, haverá economia de tempo e aumento da produtividade, pois seus colaboradores poderão se concentrar em suas atividades principais. Isso tudo além da redução de despesas com impressões e papelada, pois haverá armazenamento digital dos documentos.

Tenha uma boa gestão financeira

Organize minuciosamente todas as finanças da empresa. Assim, você poderá identificar quais são os gastos desnecessários e eliminá-los ou reduzir as maiores despesas. Também serão identificadas as operações que geram maior receita e outras medidas poderão ser tomadas para aprimorá-las.

Faz-se importante não misturar as finanças pessoais com a sua empresa, nunca use o capital do negócio para pagar as suas contas, nem dinheiro pessoal para bancar o seu negócio. Estabeleça parte do lucro para distribuir entre você e eventuais sócios e utilize o resto da quantia para o desenvolvimento do negócio.

Delegue tarefas técnicas para especialistas.

Dependendo da complexidade do negócio, pode ser inviável que todas as ações importantes sejam feitas por você ou sua equipe interna. Para resolver esse problema, você pode terceirizar as atividades administrativas, que permitirá que todo o foco seja exclusivamente na atividade econômica principal do negócio.

Terceirizando essas tarefas administrativas, você não só terá maior segurança que o trabalho está sendo feito por profissionais especializados e multidisciplinares, como também diminui eventuais problemas internos emocionais com funcionários.

Por exemplo, uma empresa de contabilidade estruturada oferecerá obviamente a assessoria contábil para sua empresa, mas também permitirá que você tenha benefícios com uma assessoria trabalhista, principalmente na elaboração da sua folha de pagamento, como também usufrua da assessoria jurídica, fundamental para orientá-lo sobre questões conflitantes e que podem gerar algum impacto negativo.

Escolha bem a equipe e os fornecedores

Ao escolher sua equipe de colaboradores, além de optar pelos profissionais com melhor currículo, preze por aqueles que busquem um crescimento interno na empresa, pois esses sempre buscarão os melhores resultados para o negócio.

Além disso, não escolha seus fornecedores somente pelo preço, opte pelos mais confiáveis e que se comuniquem melhor. Afinal eles abrem mais espaço para negociações, têm responsabilidade no cumprimento de seus compromissos, se comunicam e procuraram soluções para eventuais problemas.

Saiba planejar

Planejamento é a base para o sucesso. Sempre arquitete planos para os próximos meses ou anos, elaborando cenários pessimistas, realistas e otimistas. Seu plano deve englobar todos os departamentos da companhia e sempre buscar os benefícios de sua organização e clientes.

Entretanto, saber planejar requer um minucioso estudo sobre as tendências do mercado empreendedor, e, para colocar o plano em prática, é necessário ter um controle eficaz sobre os processos e uma boa comunicação com seus colaboradores e fornecedores.

Sem uma gestão para empreendedores, a empresa se encontra bastante vulnerável às mudanças de mercado, podendo passar por situações desagradáveis. Porém, ao seguir as dicas expostas neste artigo, você saberá como ampliar e fidelizar seus consumidores, escolher fornecedores que cumpram os tratos e manter o constante crescimento do negócio em qualquer cenário econômico.

Gostou do nosso conteúdo? Então, deixe um comentário no espaço abaixo e participe da conversa! Nós vamos adorar interagir com você!

5 erros contábeisPowered by Rock Convert

Veja Outras postagens